NFL

Tennessee Titans dispensa o running back veterano DeMarco Murray

DeMarco Murray, running back do Tennessee Titans

(Crédito: Twitter/reprodução)

O Tennessee Titans anunciou nesta quinta-feira (8) que informou o running back DeMarco Murray que ele será dispensado pela franquia.

“Eu quero agradecer DeMarco por suas contribuições como um Titan, não apenas pelo que ele fez em campo, mas também no vestiário e na comunidade. Ele foi um profissional em todas as facetas e nós desejamos a ele e sua família o melhor daqui em diante”, declarou o general manager Jon Robinson, em comunicado.

Atualmente com 30 anos de idade, Murray foi o running back principal da franquia de Nashville nos últimos dois anos.

Em 2016, ele teve sua melhor temporada com a camisa dos Titans, correndo 293 vezes para 1.287 jardas e nove touchdowns em 16 jogos. Ele também fez 53 recepções para 377 jardas e três touchdowns.

Já em 2017, ele correu para apenas 659 jardas (menor marca de sua carreira) em 184 carregadas, com uma média de apenas 3,6 jardas por corrida. Ele anotou seis TDs terrestres. Pelo ar, ele fez 39 recepções para 266 jardas e um TD.

Murray teve uma temporada abaixo do esperado no ano passado sobretudo devido às lesões. Ele não conseguiu atingir 1.000 jardas conquistadas a partir da linha de scrimmage pela primeira vez desde 2012.

Com a dispensa de Murray, o Titans planejam utilizar Derrick Henry, selecionado na segunda rodada do draft de 2016, com mais frequência em 2018. Henry foi o corredor mais produtivo entre os dois RBs principais dos Titans em 2017, mas o ex-técnico Mike Mularkey tinha maior afinidade com Murray e sua versatilidade no jogo de passe, o que fez com que o running back de 30 anos tivesse mais espaço no backfield.

Murray tinha dois anos remanescentes em um contrato que Robinson renegociou após contratá-lo em troca com o Philadelphia Eagles, em março de 2016.

O contrato de Murray ia render US$ 6,5 milhões ao atleta em 2018 e US$ 6,75 milhões em 2019, mas os Titans não vão arcar com nenhum ‘dinheiro morto’ ao dispensá-lo.

Agora, os Titans vão utilizar a free agency ou o draft para trazer um novo running back com maior capacidade de ajudar no jogo aéreo e complementar a rotação com Henry no backfield.

Em janeiro, Murray desdenhou da ideia de que seu tempo como running back titular na NFL tinha chegado ao fim.

Depois de ser titular em todos os 31 jogos de temporadas regulares que fez com a camisa dos Titans, o veterano disse que “definitivamente” ainda pode ser um running back altamente produtivo na NFL.

“Eu me sinto muito confiante em mim mesmo. Empolgado com o futuro. Empolgado com o meu futuro. Eu sei o tipo de jogador que sou”, frisou, na ocasião.

Murray foi selecionado na terceira rodada do draft de 2011 pelo Dallas Cowboys, com a 71ª escolha geral, e atuou na franquia texana até 2014, posteriormente passando pelo Philadelphia Eagles por uma temporada antes de chegar aos Titans.

Na temporada 2014, a melhor de sua carreira profissional, Murray liderou a NFL com 392 carregadas para 1.845 jardas e 13 touchdowns.

No total de sua carreira profissional, em 99 jogos de temporadas regulares, DeMarco Murray correu 1.604 vezes para 7.147 jardas e 49 touchdowns, além de ter feito 307 recepções para 2.165 jardas e seis TDs.

Comments
To Top