NFL

Scramble #2: Packers batem Cowboys, Seahawks vencem Rams e Ravens ganham

Davante Adams Packers Cowboys

Crédito: Instagram/reprodução

Dallas Cowboys (2-3) 31 x 35 Green Bay Packers (4-1)

O cara do jogo: Aaron Rodgers (19 de 29, 221 jardas e 3 TDs)

Os torcedores dos Cowboys com certeza odeiam Aaron Rodgers. Além das duas derrotas recentes em playoffs para os Packers, Rodgers parece gostar de enfiar uma faca no coração dos texanos e torcer. Dessa vez, com uma campanha de 1 minuto e dois segundos e 11 segundos antes do tempo zerar, o quarterback achou Davante Adams para o touchdown da vitória dos Packers, em pleno AT&T Stadium.

Os Cowboys fizeram tudo certo, com Ezekiel Elliott novamente tendo um jogo com mais de 100 jardas (116 jardas em 29 carregadas). Dak Prescott acertou 25 de seus 36 passes para 251 jardas e 3 TDs e o time chegou a abrir 21 a 6. Mas com Rodgers iluminado e com Aaron Jones, com 19 carregadas, 125 jardas e 1 TD, os Packers conseguiram uma campanha sensacional no fim. Adams, que apenas dez dias atrás saiu de maca após um tackle desleal de Danny Trevathan, do Chicago Bears, foi herói com um TD no primeiro quarto e o decisivo no fim.

 

Los Angeles Rams (3-2) 10 x 16 Seattle Seahawks (3-2)

O cara do jogo: Earl Thomas (7 tackles, um fumble forçado e uma interceptação)

Os Seahawks tiveram problemas com os Rams nos últimos anos, mas justo quando o time de Los Angeles estava à beira de causar na NFC West, os Seahawks tiveram uma excelente performance ofensiva, limitando  o ataque de  Jared Goff a apenas 10 pontos e interceptando ele duas vezes: uma com Sheldon Richardson e outra com Earl Thomas, que forçou um fumble em Todd Gurley na linha final do campo ainda no primeiro quarto e ainda teve uma interceptação.

Depois de um segundo quarto que ambos os times trocaram socos e cada um saiu com 10 pontos, no segundo tempo a defesa dos Seahawks não quis saber de brincadeiras, forçando um fumble e duas interceptações, uma delas na linha de 24 jardas do campo de ataque. Russell Wilson não foi genial, com 198 jardas e um TD passado, mas sua longa campanha no segundo quarto após os Rams abrirem 10 a 0 foi vital e um field goal de 36 jardas erradas por Greg Zuerlein e uma bola longa de Goff para Cooper Kupp que poderia ter sido um touchdown no fim do jogo, foram vitais para a vitória de Seattle, que agora empata com o time de Los Angeles.

 


Oakland Raiders
(2-3) 17 x 30 Baltimore Ravens (3-2)

O cara do jogo:  Joe Flacco (19 de 26, 222 jardas)

Os Ravens aproveitaram tudo que podiam dos Raiders sem Derek Carr e ainda tiveram uma atuação mais corajosa de Joe Flacco, que teve bela conexão com Mike Wallace na tarde deste domingo – 3 recepções apenas, mas para 133 jardas – e até um drive clutch, quando os Raiders anunciavam uma retomada mas que acabou sendo abortada pelo ataque dos Ravens.

Logo no primeiro drive, Flacco conectou um passe de 52 jardas para Wallace e conseguiu um TD logo depois. Um retorno de fumble, sofrido por Jared Cook e retornado pro Jimmy Smith, fez o placar virar 14 a 0 logo no primeiro quarto. E.J. Manuel não teve um jogo horroroso substituindo Carr, conseguindo um belo TD de 44 jardas para Michael Crabtree. No terceiro quarto, os Raiders conseguiram mais um touchdown com Marshawn Lynch e a distância no placar era apenas de sete pontos. Mas com uma campanha de 71 jardas, inclusive duas conversões de terceira descida longas, Flacco deixou fácil para Justin Tucker colocar a distância em 10 e esfriar todas as empolgações no Coliseum de Oakland.

Comments
To Top