NFL

Scramble #1: Jaguars atropelam Steelers, Panthers batem Lions e mais

Leonard Fournette Jaguars

Crédito: Instagram/reprodução

Pittsburgh Steelers (3-2) 9 x 30 Jacksonville Jaguars (3-2)

O cara do jogo: Leonard Fournette (28 carregadas para 181 jardas e 2 TDs)

Ben Roethlisberger teve um jogo horroroso, com cinco interceptações, sendo duas delas retornadas para touchdown. E Blake Bortles não precisou fazer muito (95 jardas em passes), deixando para Fournette carregar a bola e matar relógio, enquanto a melhor defesa contra o passe da liga se encarregava do resto. Antonio Brown até tentou, com 10 passes recebidos para 157 jardas, mas Big Ben realmente estava fora de si.

A virada no jogo veio no terceiro período. Os Steelers estavam em vantagem, com 9 a 7 no placar, quando Big Ben teve seu passe desviado e Telvin Smith retornou até a end zone para um touchdown. Na campanha seguinte, Jalen Ramsey desviou o passe do QB de Pittsburgh e Barry Church retornou para a end zone. Blake Bortles e seu ataque nem precisou entrar em campo para seu time passar de estar perdendo por dois para ganhando por 11, com um dos pontos extras sendo errados.

Big Ben ainda seria interceptado mais uma vez, na end zone rival após um passe longo, no último quarto.  Fournette teve uma corrida de 90 jardas para touchdown e os Jaguars pela primeira vez desde 2010 tem uma campanha positiva após cinco semanas. E mais do que merecida.

Cincinnati Bengals (2-3) 20 x 16 Buffalo Bills (3-2)

O cara do jogo: A.J. Green (7 recepções para 189 jardas e um touchdown)

Os Bengals conseguiram sua maior vitória na temporada com um futebol americano simples e efetivo: pressão no quarterback rival – foram seis sacks em Tyrod Taylor – e bola em A.J. Green. O wide receiver dos Bengals não teve seu melhor jogo na vida, já que duas das interceptações da defesa dos Bills poderiam ter sido recepções, mais um fumble sofrido, mas um touchdown e mais 189 jardas foram suficientes para ganhar.

Além do touchdown de 77 jardas, Green teve uma recepção de 47 jardas na campanha que Joe Mixon finalizou para TD e colocou os Bengals à frente no placar no último quarto. A defesa de Buffalo conseguiu manter o nível, gerando três turnovers, mas o ataque não soube capitalizar e além do touchdown com Brandon Tate, Taylor foi interceptado uma vez no fim e só conseguiu consagrar o kicker Steven Hauschka, que acertou três field goals.

Agora os Bengals estão apenas uma vitória atrás do Pittsburgh Steelers.

Miami Dolphins (2-2) 16 x 10 Tennessee Titans (2-3)

Cara do jogo: Jay Ajayi (25 carregadas para 77 jardas)

O ataque do Miami Dolphins continua sendo ruim, mesmo contra uma defesa que cedeu 57 pontos para o Houston Texans na semana 4. Entretanto o time conseguiu aproveitar suas poucas oportunidades. Dos 16 pontos marcados pelos Fins, sete foram anotados pela defesa, que forçou um fumble em um sack e conseguiu retornar para um touchdown. Enquanto Jay Ajayi – que ainda está longe do seu auge e sofreu um fumble –jogou melhor, Jay Cutler ficou 12/26 para 92 jardas, um touchdown e um interceptação.  Jarvis Landry recebeu para 44 jardas e um TD. No total o jogo teve quatro turnovers (dois fumbles dos Titans e um fumble e uma interceptação dos mandantes). Reshad Jones recuperou dois fumbles, sendo que anotou um touchdown, fez sete tackles e meio sack.

No outro lado, a equipe de Nashville não chegou às 200 jardas no ataque. Enquanto DeMarco Murray correu para 58 jardas, Matt Cassel acertou 21 de 32 passes para 141 jardas um touchdown. Rishard Matthews e Eric Decker receberam para 34 jardas cada. Matt Cassel e DeMarco Murray sofreram os fumbles dos Titans.

Com um field goal e um touchdown anotado após fumble, os Dolphins abriram 10 a 0 no primeiro quarto. Um field goal anotado após um fumble e um touchdown no terceiro quarto fizeram os visitantes empatarem. Apesar da torcida gritar pelo quarterback reserva Matt Moore, Jay Cutler conseguiu liderar uma campanha de 54 jardas para anotar o touchdown da vitória com Jarvis Landry.

Philadelphia Eagles (4-1) 34 x 7 Arizona Cardinals (2-3)

Cara do jogo: Carson Wentz (21/30, 304 jardas, quarto touchdowns e uma interceptação)

Com um primeiro quarto brilhante, o Philadelphia Eagles massacrou o Arizona Cardinals, que só ganhou 31 jardas com o seu jogo corrido. O quarterback Carson Wentz carregou o ataque dos mandantes, junto com LeGarrette Blount, que correu para 73 jardas em 13 carregadas (média de 5,6 jardas por carregada). Nelson Agholor fez quatro recepções para 93 jardas, Torrey Smith pegou três bolas para 70 jardas e Zach Ertz fez seis recepções para 61 jardas. Cada um deles anotou um TD.

No lado dos derrotados, sem ajuda do jogo corrido, Carson Palmer fez uma partida interessante, ficando com 28/48 para 291 jardas e um touchdown. J.J. Nelson recebeu para 80 jardas e Andre Ellington para 61. Na partida, Larry Fitzgerald chegou à marca de , pelo menos, um passe recebido pelo 200º jogo seguido. Phil Dawson foi bloqueado em uma tentativa de field goal de 51 jardas.

Os Eagles anotaram três touchdowns no primeiro quarto, abrindo uma boa vantagem. O time visitante anotou um TD e perdeu um field goal no segundo quarto. A equipe de Doug Pederson só foi levando o jogo nos últimos 30 minutos para vencer por 34 a 7.

Cleveland Browns (0-5) 14 x 17 New York Jets (3-2)

Cara do jogo: Zane Gonzalez (dois field goals perdidos) OBS: escolha pela falta de destaques

O Cleveland Browns segue o projeto para terminar a temporada sem vencer nenhuma partida, voltou a ser derrotado neste domingo e chegou a três derrotas em casa na temporada. Durante o jogo contra os Jets, o quarterback calouro DeShone Kizer (8/17, 87 jardas, uma interceptação e um fumble) foi mandado para o banco para a entrada de Kevin Hogan (16/19, 194 jardas, dois touchdowns e uma interceptação). Cada signal caller da equipe de Ohio também correu 30 jardas. Zane Gonzalez desperdiçou dois field goals que mudariam o jogo. Duke Johnson Jr. receberam, respectivamente, para 71 e 63 jardas, sendo que o segundo ainda correu para 20 jardas. Em sua primeira partida na NFL, Myles Garrett, primeira escolha do draft de 2017, fez dois tackles, duas pancadas no QB e dois sacks, sendo uma no seu primeiro snap.

No lado dos vencedores, o jogo corrido só teve 34 jardas e o passado 194. Josh McCown (22/30, 194 jardas e uma interceptação) liderou sua equipe a dois touchdowns e Chandler Catanzaro acertou o único field goal que teve. Jeremy Kerley, Jermaine Kearse e Eric Tomlinson receberam, respectivamente, para 39, 38 e 34 jardas.

A primeira parte da partida só teve uma pontuação: um field goal dos Jets na última posse de bola do segundo quarto. Além disso, os Browns sofreram uma interceptação após ter interceptado Josh McCown, um fumble e perderam dois field goals, sendo um de 52 jardas e outro de 39. O time da casa voltou do intervalo anotando um touchdown, entretanto depois sofreu uma interceptação que acabou se tornando TD da franquia nova-iorquina. Após um turnover on downs do time de Ohio, os Jets anotaram um outro TD. Os comandados de Hue Jackson descontaram em sua última posse de bola.

Detroit Lions (3-2) 24 x 27 Carolina Panthers (3-2)

O cara do jogo: Cam Newton (26 de 33, 365 jardas e 3 TDs)

Cam Newton teve uma semana péssima por causa de um comentário estúpido em uma coletiva de imprensa, mas em campo, isso não o prejudicou, com um jogo ótimo contra os Lions que fez seu time vencer a segunda seguida fora de casa, contra os Lions que não estavam com 100% de aproveitamento por literalmente uma jarda.

Depois de estar perdendo por 10 a 3 no começo do segundo quarto, os Panthers conseguiram 24 pontos seguidos. Ainda no primeiro tempo ele achou Christian McCaffrey e Devin Funchess para dois touchdowns e mais um passe para seis pontos para Kelvin Benjamin no terceiro quarto.

Continuando com a tradição de viradas impressionantes, o último quarto teve 14 pontos dos Lions, mas com a fungada no cangote, Newton conseguiu manter a bola, inclusive em uma terceira para 19, para conquistar a vitória no Ford Field.

Indianapolis Colts (2-3) 26 x 23 San Francisco 49ers (0-5)

O cara do jogo: Adam Vinatieri (quatro field goals certos)

Adam Vinatieri decidiu mais um jogo na sua vida, com um field goal de 51 jardas na prorrogação para o Indianapolis Colts vencer os 49ers, que continuam sem uma mísera vitória. Feia ou bonita, o que importa é a vitória no dia que a franquia homenageou Peyton Manning, o maior jogador de sua história, com uma estátua e sua camisa 18 aposentada.

Antes disso Vinatieri já tinha acertado field goals de 52, 23 e 38 jardas, mas os Colts não conseguiram segurar uma vantagem de 14 pontos entrando no último período, apesar do bom jogo de Marlon Mack, que correu nove vezes para 91 jardas e um TD. Jacoby Brissett também teve um TD corrido, com 22/34 passes certos para 314 jardas e uma interceptação. Brian Hoyer teve 29/46 passes certos, para 353 jardas e 2 TDs, mas após uma interceptação de sua defesa na prorrogação, ele não conseguiu a vitória e Vinatieri, com 44 anos, acabou sendo o homem do jogo.

New York Giants (0-5) 22 x 27 Los Angeles Chargers (1-4)

O cara do jogo: Melvin Gordon (20 carregadas para 105 jardas mais seis recepções para 58 jardas e 2 TDs)

Os Giants tiveram uma tarde para esquecer: além da derrota para os Chargers em casa, ficando com 0-5, o time ainda perdeu Odell Beckham Jr para uma lesão que parece ser bastante séria. A miséria de uns é a alegria de outros e Phillip Rivers, draftado pelos Giants, antes de ser envolvido em troca com Eli Manning, teve três passes para touchdown, inclusive o final, para Melvin Gordon, faltando pouco menos de três minutos para o fim e dando a vitória para os Chargers em Nova York.

Manning tinha conseguido colocar os Giants à frente após um passe para Beckham Jr, que estava completamente livre. Mas não dá para dizer que o time mereceu a vitória. Aliás, nem os Chargers: os dois times provaram porque estavam 0-8 somados, com 21 faltas e com os dois quarterbacks acertando 42 de 80 passes. Até safety teve, com Rivers se livrando da bola após um snap errado do center.

Mas no fim, Melvin Gordon conseguiu seu segundo TD, a honra de ser nosso cara do jogo e a primeira vitória para os Chargers.

 

 

 

Comments
To Top