NFL

No Huddle – Lane Johnson chama Patriots de “organização baseada no medo”

Patriots

(Crédito: Instagram/reprodução)

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– O offensive tackle Lane Johnson, do Philadelphia Eagles, fez críticas ao New England Patriots, afirmando durante uma entrevista recente que a franquia vice-campeã do Super Bowl é uma “organização baseada no medo”, na qual os jogadores não se divertem.

O falastrão offensive lineman fez seus comentários em uma entrevista ao ‘Barstool Sports’.

“Eu apenas acho que o Patriot Way é uma organização baseada no medo. Obviamente, eles vencem? Com certeza, eles vencem. Eles vencem há um bom tempo. Se eu acho que as pessoas curtem e podem dizer: ‘eu me diverti muito jogando lá?’ Não, eu não acho. Essa é somente a verdade de Deus”, afirmou Johnson.

– O linebacker Reuben Foster, do San Francisco 49ers, foi fichado neste domingo na Cadeia do Condado de Santa Clara, segundo os registros da polícia obtidos pelo ‘NFL.com’. Ele foi mantido sob fiança de US$ 75 mil.

O Departamento de Polícia de Los Gatos não confirmou as acusações imediatamente ao site oficial da NFL.

“A organização San Francisco 49ers está ciente da reportagem envolvendo Reuben Foster. Nós levamos assuntos desta natureza seriamente e estamos coletando todas as informações pertinentes”, declarou o San Francisco 49ers, em nota oficial.

– San Francisco 49ers quer se tornar “destino” para os free agents em 2018: “está 23ºC e está ensolarado lá fora, nós temos esse cara (Garoppolo), quem não gostaria de estar aqui? Nós queremos nos tornar isso. Nós queremos nos tornar um destino onde todo mundo quer estar. Temos um longo caminho a percorrer. Nós fomos 6-10, ok, então esse é um grande dia para nós, mas temos um longo caminho a percorrer, e estamos totalmente cientes disso”, declarou o general manager John Lynch.

– Pai de Jason Garrett, técnico do Dallas Cowboys, morre aos 87 anos de idade: Jim Garrett, olheiro da NFL de longa data, morreu na última sexta. Garrett passou mais de 16 anos no departamento de olheiros dos Cowboys e também foi assistente técnico do New York Giants (1970 a 1973), New Orleans Saints (1976 e 1977) e Cleveland Browns (1978 a 1984).

– As acusações feitas contra o running back D’Onta Foreman, do Houston Texans, foram retiradas depois que o jogador ser detido em julho do ano passado, segundo o advogado do atleta.

Chip Lewis disse ao ‘Houston Chronicle’ que Foreman não contestou a acusação de conduta desordeira e que terá as acusações de posse de maconha e porte ilegal de arma retiradas. A acusação de conduta desordeira também será removida do histórico criminal do atleta caso ele não tenha mais problemas com a Justiça em 90 dias.

Lewis frisou que Foreman não vai ser punido pela NFL caso todas as acusações forem retiradas, como é o esperado.

Comments
To Top