NFL

Mulher entra com processo civil acusando Marcell Dareus de agressão sexual

Marcell Dareus, defensive tackle do Jacksonville Jaguarrs

(Crédito: Twitter/reprodução)

O defensive tackle Marcell Dareus, do Jacksonville Jaguars, está sendo processado por danos por uma mulher que acusa o jogador da National Football League de tê-la agredido sexualmente e passado uma doença sexualmente transmissível (DST).

Segundo uma queixa civil apresentada na semana passada no condado de Duval, na Flórida, que foi obtida por veículos da imprensa dos Estados Unidos, a mulher está acusando Dareus de ter feito sexo com ela enquanto ela estava inconsciente e sem falar para ela que ele estava infectado.

Ela está buscando uma compensação por danos de cerca de US$ 15 mil e solicitou um julgamento com júri, de acordo com a queixa.

A mulher e Dareus estavam em um encontro romântico em Houston, em abril, quando o suposto incidente ocorreu, de acordo com o processo.

Os Jaguars se recusaram a comentar sobre a acusação na última quarta (11), ao serem contatados pelo jornal ‘Florida Times-Union’, e a publicação também tentou entrar em contato com o agente do defensor, mas não obteve resposta.

Dareus foi adquirido pelos Jaguars em troca com o Buffalo Bills fechada em outubro do ano passado. Isso levou o jogador a voltar a trabalhar com Doug Marrone, atual head coach dos Jags e ex-técnico dos Bills.

O defensive tackle era o jogador mais bem pago dos Bills na época, tendo recebido US$ 60 milhões garantidos como parte de uma extensão de contrato de seis anos, com valor de US$ 100 milhões, assinada em 2015.

Dareus cumpriu uma suspensão de quatro jogos no início da temporada 2016 da NFL por violar a política de substâncias proibidas pela liga.

Segundo o ‘Florida Times-Union’, Dareus é o réu em outro processo apresentado em dezembro do ano passado. Nesta ação, uma mulher de Las Vegas afirma ter sido agredida sexualmente em janeiro de 2017 depois de uma festa em que o atleta compareceu, em Tampa, na Flórida.

Uma moção de Dareus para que a queixa seja descartada está agendada para ser ouvida no dia 9 de agosto.

Comments
To Top