NFL

Mike Mitchell detona arbitragem da National Fooball League

Mike Mitchell, safety dos Steelers

(Crédito: Instagram/reprodução)

Mike Mitchell, safety do Pittsburgh Steelers, disparou contra a rigorosa política da liga em relação a pancadas que resultou na suspensão do wide receiver Juju Smith-Schuster por uma partida. Além disso, o jogador de 30 anos rejeitou comentar os seus tuites na terça-feira criticando os métodos de suspensão da liga.

“Basta nos entregar todas as flags (bandeiras que representam as faltas). Nos entregue todas as flags, vamos lá fora e tentaremos pegá-las, porque não estamos jogando futebol americano. Isso não é a droga do futebol americano. Quando eu tinha seis anos via Charles Woodson, Rod Woodson, Sean Taylor, as pancadas, Jack Tatum. Isso era futebol americano. Você tem que saber do risco quando entre no esporte. Ninguém quer uma paralisia ou lesionar a cabeça. Essas são coisas negativas. Mas vamos tentar não tornar o jogo de futebol americano em algo perigoso e bárbaro”.

“Foi assim que mudei a história da minha família. Antes de ser draftado, eu só tinha US$ 368 na minha conta. Eu mudei a história da minha família por causa desse esporte. Então, não tentemos transformar isso em um esporte maligno e sujo. É futebol americano. Não é diferente do UFC. É um combate, um esporte de contato. Vai haver lesões. Isso é o que é. Esse é um jogo de homens”, completou Mitchell.

A NFL suspendeu Smith-Schuster por um bloqueio em Vontaze Burfict, linebacker do Cincinnati Bengals. Depois disso, o executivo da liga Troy Vincent disse que a NFL poderia adotar uma regra no draft para evitar jogadores que fizeram pancadas pesadas.

Comments
To Top