NFL

Lane Johnson volta a detonar New England Patriots e sua “arrogância”

Lane Johnson, offensive tackle do Philadelphia Eagles

(Crédito: Twitter/reprodução)

Um dos grandes passatempos de Lane Johnson parece ser criticar o New England Patriots. E ele voltou a demonstrar isso nesta semana.

Três meses após o título do seu Philadelphia Eagles no Super Bowl LII, com uma vitória sobre os Pats, Johnson participou do podcast de Steve Austin e revelou de onde vem tantos sentimentos ruins em relação à equipe da Nova Inglaterra.

“Aqui está o que me irritou. Os Patriots, obviamente, eu respeito o técnico deles, respeito Bill (Belichick), respeito Tom Brady, mas apenas devido à maneira como eles venceram Super Bowls, o Patriot Way, é como se todo mundo devesse fazer o mesmo? Não, não é. E foi disso que eu tive raiva, da arrogância deles”, declarou o jogador de linha ofensiva. “Houve, obviamente, algumas coisas por trás de portas fechadas. O dono deles falando me*** para nosso dono. Bill falando me*** para nosso técnico (Doug Pederson) antes do jogo. Não vou dizer o que foi, mas muita me*** levou até isso, e eu me cansei de ouvir isso, cara, para ser honesto”, prosseguiu.

Não é a primeira vez que o offensive lineman dos Eagles detona publicamente a franquia de Foxborough.

Após a vitória dos Eagles sobre o Minnesota Vikings, na final da Conferência Nacional (NFC) da temporada passada, Johnson imediatamente colocou os Patriots sob sua mira, chamando Brady de um “menino bonito” e frisando que “não há nada que eu gostaria mais de fazer do que destronar aquele cara”.

Depois de conquistar o título do Super Bowl, o tackle dos Eagles descreveu o New England Patriots como uma “organização baseada no medo”, com jogadores que “agem como se fossem robôs”.

Ele foi além nessa análise ao comentar a decisão misteriosa de Belichick de não escalar o cornerback Malcolm Butler na grande decisão.

“Essa é a questão, vocês nunca vão saber. Tudo o que eles são pedidos para fazer na imprensa é o que dizem para eles fazerem. Como eu disse, eles são robôs”, observou Lane Johnson.

Os Eagles derrotaram os Patriots por 41 a 33 para faturarem o primeiro Vince Lombardi Trophy da história da organização.

“Eu vi uma defesa (dos Patriots) que não era muito talentosa. Tratou-se simplesmente de conter Tom Brady. Tivemos dificuldades ao fazer isso – ele teve 505 jardas. Mas era realmente isso, cara. Chegando ao jogo, eu não estava chocado por isso. Foi assim que entramos. Acho que tivemos a vantagem nisso”, observou Johnson, no podcast de Steve Austin.

Comments
To Top