NFL

Kirk Cousins está indo para o Minnesota Vikings sob contrato de três anos

Kirk Cousins, quarterback do Washington Redskins

(Crédito: Twitter/reprodução)

O quarterback Kirk Cousins, ex-Washington Redskins, está indo para o Minnesota Vikings e ele deve assinar um contrato de três anos, com valor de US$ 84 milhões. O valor é completamente garantido.

A iminente ida de Cousins para os Vikings foi noticiada pelos jornalistas Ian Rapoport, da ‘NFL Network’, e Adam Schefter, da ‘ESPN’ norte-americana.

Ouça o Quinto Quarto Expresso #101 em meio à loucura da free agency:

Free agent mais cobiçado do mercado em 2018, Cousins vai se tornar o quarterback mais bem pago da história da National Football League.

Apesar do iminente acerto com o time de Minnesota, o agente do QB não confirmou a ida de seu cliente para os Vikings.

“Nenhuma decisão final foi tomada. O plano é visitar Minnesota primeiro. Isso é tudo que podemos dizer agora”, declarou Mike McCartney, agente de Cousins, nesta terça-feira (13).

O contrato de Cousins vai superar o contrato de US$ 27,5 milhões por ano que Jimmy Garoppolo assinou com o San Francisco 49ers.

O wide receiver Doug Baldwin, do Seattle Seahawks, utilizou seu Twitter para dizer que Cousins é um “herói” para outros jogadores jovens por ter conseguido um contrato completamente garantido. Esse tipo de acordo ainda é muito raro na NFL.

“Kirk Cousins é um herói para todos os jovens jogadores que o seguirem. Agora precisamos de mais jogadores apostando em si mesmo até que contratos completamente garantidos sejam a norma e não a exceção”, escreveu Baldwin na rede social.

Atualmente com 29 anos de idade, Cousins tem sido um dos quarterbacks mais produtivos de toda a liga desde que se tornou o titular absoluto dos Redskins há três anos.

Desde então, ele ficou em quarto na liga em jardas de passe, sexto em passer rating e oitavo em passes para touchdown.

Na temporada 2017, Cousins ultrapassou a marca de 4 mil jardas aéreas pela terceira temporada seguida. O camisa 8 fechou o campeonato com 64,3% de seus passes precisos para 4.093 jardas, 27 touchdowns e 13 interceptações em 16 jogos.

Selecionado na quarta rodada do draft de 2012 pelo Washington Redskins, com a 102ª escolha geral, Cousins foi de reserva de Robert Griffin III a titular absoluto. Ele foi titular em apenas nove jogos durante suas três primeiras temporadas na liga.

Em 2015, seu primeiro ano como titular, Cousins ajudou os Redskins a conquistarem o título da divisão NFC East. Em 16 jogos naquele ano, ele acertou 69,8% de seus passes para 4.166 jardas, 29 touchdowns e 11 interceptações.

Após aquela temporada, os Redskins e Cousins não conseguiram acertar um contrato de longa duração e o time colocou a franchise tag no signal caller.

Então, em 2016, Cousins novamente quebrou o recorde da franquia e lançou para 4.917 jardas, conectando para 25 touchdowns e sofrendo 12 interceptações. Contudo, Washington não foi aos playoffs naquela oportunidade depois de perder o último jogo da temporada regular para o New York Giants.

Cousins novamente recebeu a franchise tag em 2017, mas ficou claro ao longo do tempo que os Redskins não estavam muito dispostos a selar um acordo de longa duração com Cousins. E, após a temporada 2017, parecia que ou um contrato longo seria acertado ou Kirk sairia dos Redskins.

Quando o time da capital dos Estados Unidos acertou uma troca no final de janeiro para trazer o quarterback Alex Smith do Kansas City Chiefs, ficou claro que a franquia estava disposta a se separar de Cousins. Os Redskins então acertaram uma extensão contratual de quatro anos com Smith.

Agora, Cousins está indo para os Vikings, que vêm de uma temporada 13-3 e que avançaram até a final da Conferência Nacional (NFC).

Titular em Minnesota no ano passado, Case Keenum deve assinar com o Denver Broncos quando a free agency abrir nesta quarta-feira (14) à tarde.

Kirk Cousins vai atuar em um time muito competitivo e com um dos elencos mais interessantes da liga, tendo uma defesa sólida e um ataque com boas peças.

Os wide receivers Stefon Diggs e Adam Thielen seguem na franquia e podem formar uma das duplas de WRs mais fortes da liga. Além disso, o backfield dos Vikings é ótimo, com a volta de Dalvin Cook, atualmente se recuperando de ruptura no ligamento cruzado anterior, e com a presença do veterano Latavius Murray.

Em 62 jogos de temporadas regulares na carreira até agora, Kirk Cousins completou 65,5% de seus passes para 16.206 jardas, 99 touchdowns e 55 interceptações. Ele também correu 123 vezes para 379 jardas e 13 TDs.

Comments
To Top