NFL

Ex-namorada de LeSean McCoy disse a polícia que invasão domiciliar pode ter sido armada

LeSean McCoy, running back do Buffalo Bills

(Crédito: Twitter/reprodução)

No Huddle – O boletim de notícias de Quinto Quarto

– A mulher que ligou para a polícia após ser espancada e ter suas joias roubadas afirmou que ela acredita que LeSean McCoy, running back do Buffalo Bills, armou o ataque. Na ligação, a mulher – que foi identificada como a ex-namorada de McCoy pelos seus advogados – indica que a invasão teria sido feita por uma pessoa que recebeu dicas do jogador de 30 anos.

“Eu estou dizendo para você, esse é o cara. Ele deve conhecer o sistema de câmeras. LeSean deve ter dito a ele. Não há câmeras na frente”, disse ela – que ainda afirmou “deve ter alguma coisa a ver com meu ex-namorado” na ligação para a polícia. “Meu namorado, sinto que ele fez isso, que ele armou, vai ver nas câmeras de fora. A gente terminou e ele quer as joias de volta”, completou ela em declaração para a polícia.

– O Dallas Cowboys não tem um grande wide receiver após a saída de Dez Bryant. Em entrevista Tony Romo comparou a situação vivida por Dak Prescott com a que ele viveu em 2009, quando perdeu Terrell Owens. “Depende do que você está definindo como wide receiver número 1. É só pelo nome? É por talento? Quero dizer, você não sabe se eles não têm um. Há sempre alguém que pode aparecer. Para mim, foi Miles Austin após T.O. ter deixado o time e então houve a mesma discussão”.

– Kellen Winslow II, ex-tight end da NFL, será julgado por dois crimes de estupro, dois crimes de sequestro com intenção de cometer estupro, uma acusação de sadomia forçada, entre outras acusações, decidiu um juiz nesta quinta-feira. A fiança dele foi fixada em US$ 2 milhões. Por outro lado, três mulheres que acusaram Winslow II de estupro e outros crimes não puderam identificá-lo no tribunal em seu primeiro dia de audiência preliminar. O ex-tight end se declarou inocente em 18 de junho das oito acusações criminais.

– Jameis Winston, quarterback do Tampa Bay Buccaneers, está treinando e recebendo conselhos de Randy Moss, wide receiver Hall of Famer. “Ele está indo bem. Cara, apenas continue a lutar. Isso acontece. O que ele fez foi errado… tinha uma mulher envolvida, então não vou entrar nisso. O que ele fez foi errado e ele sabe. Acho que depende de ele entender que ele fez algo errado, viver e aprender com isso e seguir em frente”, disse Moss.

– Darryl Rogers, que treinou o Detroit Lions e Michigan State, morreu aos 83 anos. A morte foi confirmada na última quarta-feira.

– Bill Polian, co-fundador da liga Alliance of American Football, informou que os jogadores receberão contratos de três anos e US$ 250 mil não garantidos. Os jogadores poderão deixar a liga, que vai começar em 9 de fevereiro, para ir para a NFL.

Comments
To Top