NFL

Draft NFL 2018 ao vivo: confira as escolhas e conheça os jogadores

NFL draft em Dallas

O Draft é um queridinho dos fãs da NFL (e também da NBA). Um evento fundamental para as ligas americanas serem o que são, esse (s) dia (s) de seleção dos jogadores pelos times profissionais é tão especial que nós acompanhamos essa formatura de garotos que serão milionários como se fossemos um aspone na trupe deles. E para continuar com nosso apreço por esse evento e tudo que precede ele, o Quinto Quarto quer trazer o melhor do Draft NFL 2018 para você.

Depois de algumas semanas no ar, transformaremos este post em um listão para te informar de todas as escolhas e dar uma descrição dos selecionados na 1ª rodada.

Você já sabe: o melhor dos esportes americanos está no Quinto Quarto.

1ª Rodada do Draft NFL 2018

1ª escolha – Cleveland Browns – Baker Mayfield – QB – Oklahoma

Antes considerado um quarterback que corria por fora para ser selecionado no top 20, Baker Mayfield deixou boa impressão nos olheiros e scouts ao redor da NFL durante o processo pré-draft devido à sua paixão pelo futebol americano e grande competitividade.

O signal caller de Oklahoma impressionou durante o Scouting Combine com a forma como lançou as bolas e também fez grandes entrevistas, mostrando toda sua inteligência de futebol americano. Ele não é um dos QBs que tem o braço mais forte, mas perfeitamente pode lançar os passes exigidos na NFL, possuindo um grande timing nos lançamentos e capacidade de lançar passes com boas trajetórias. 2ª escolha – New York Giants

2ª escolha – New York Giants – Saquon Barkley – RB – Penn State

Considerado por muitos o melhor jogador do draft de 2018 da NFL em todas as posições, o running back Saquon Barkley é um atleta que entra na liga com capacidade imediata para impactar no ataque. O RB de Penn State é dono de uma velocidade insana e tem aceleração e agilidade para explorar os buracos abertos por seus bloqueadores.

Em termos de talento e qualidade, Barkley foi dado como um prospecto mais preparado do que Ezekiel Elliott, running back do Dallas Cowboys, e tem calibre similar ao de jogadores como Leonard Fournette, do Jacksonville Jaguars, e Todd Gurley, do Los Angeles Rams.

3ª escolha – New York Jets, dos Colts – Sam Darnold – QB – USC

Sam Darnold é um dos quarterbacks mais cotados para ser o signal caller com mais sucesso em nível profissional. O QB é considerado um atleta bastante polido para liderar um ataque, possuindo excelente precisão nos passes e habilidade para fazer passes em movimento. Sua capacidade de ser um pocket passer ao mesmo tempo em que tem grande mobilidade é uma combinação de encher os olhos.

Nas entrevistas pré-draft, Darnold se mostrou um jogador muito inteligente em termos de conhecimento de futebol americano e, se lapidado corretamente, será um grande líder de ataque na National Football League.

4ª escolha – Cleveland Browns, dos Texans – Denzel Ward – CB – Ohio State

Denzel Ward é um carrapato grudento. Gosta de manter contato com seus adversários, consegue se recuperar dentro da rota e é ótimo acompanhando cada passada dos recebedores. Por se sentir confortável perto de seu alvo, Denzel não é dos melhores em rastrear os QBs adversários, mas consegue virar rapidamente para quebrar passes e impedir a recepção.

Mas está longe de ser um interceptador. O corner não parece ter faro para interceptar, mas tem capacidade para interromper conexões. Com 1,80 m e apenas 83 kg, alguns recebedores maiores podem levar uma vantagem, apesar da grande capacidade atlética de Denzel, que simplesmente parece não conseguir jogar sem sentir o seu adversário. Usa muito as mãos antes do passe e pode se complicar com faltas. Em coberturas e trocas, ele parece perdido em campo.

5ª escolha – Denver Broncos – Bradley Chubb – DE – N.C. State

Se Saquon Barkley fez o mundo da NFL entrar em êxtase pelo seu combine, Chubb foi quase seu similar entre os defensores. Ele correu o tiro de 40 jardas em 4,65 segundos e mostrou tudo que já o tinha consagrado em North Carolina: força, agilidade, potência… Ou seja, um pesadelo para qualquer jogador de linha e QB rival.

Com 25 tackles para perda de jardas, 10 sacks e 3 fumbles forçados só em 2017, já era esperado que ele saísse da universidade para ser escolhido no topo do Draft. Em Denver, com Von Miller do outro lado, os torcedores podem esperar a mesma combinação que deu o Super Bowl 50 para a equipe, com Chubb fazendo as vezes de DeMarcus Ware.

6ª escolha – Indianapolis Colts, dos Jets – Quenton Nelson – OG – Notre Dame

Praticamente imbatível no 1 x 1, Quenton Nelson é um paredão difícil de ser batido. 1,95 m e 147 kg de pura força e muita firmeza nas mãos. O guard é ótimo atacando a linha defensiva adversária, ótimo para o jogo corrido, mas deixa dúvida quando precisa recuar em jogadas de passe. Possui boa reação ao snap e vai até o fim na missão que lhe é dada.

Contudo, Quenton tem uma queda pelo chão. As mãos são firmes, mas suas pernas não possuem sustentabilidade e ele frequentemente termina suas jogadas se estatelado no chão ou rolando contra seu alvo. Também não possui muita percepção do que acontece ao seu redor, abaixa a cabeça e esquece de todo o resto. Terá dificuldades contra jogadores que se esquivam de sua pegada firme.

7ª escolha – Buffalo Bills, do Tampa Bay Buccaneers – Josh Allen – QB – Wyoming

Outro quarterback que pode virar um grande jogador em nível profissional, Josh Allen já demonstrou que tem um grande conjunto de habilidades e um braço bastante forte, requisito que é procurado pela maioria dos times da NFL. Ainda precisa melhorar um pouco em termos de precisão e nos passes em movimento.

Allen parece ter impressionado nas entrevistas pré-draft e demonstrado seu grande caráter. Seu problema foi o surgimento de tweets feitos quando adolescente com conteúdo preocupante. Os Bills preferiram focar no campo, mas o QB precisará ser muito trabalhado durante a transição do college para o profissional, mas com paciência é possível transformá-lo em uma máquina de jardas e touchdowns.

8ª escolha – Chicago Bears – Roquan Smith – LB – Georgia

Roquan Smith é certamente um dos melhores em sua posição. Ele segue a definição de atleta e se destaca por seu atleticismo e velocidade, além de ter bons instintos e não temer grandes adversários. Apesar disso e ser versátil como linebacker, o jogador de 20 anos às vezes exita, ficando um passo atrasado na jogada.

Ele vai chegar em uma franquia com gigantesca tradição de linebackers, só citando Brian Urlacher e Mike Singletary para não ficar 20 linhas aqui. Os Bears, um ano depois de subir para escolher Mitchell Trubisky, focam na defesa. E vão ter um jogador que pode causar impacto desde o dia 1.

9ª escolha – San Francisco 49ers – Mike McGlinchey – OT – Notre Dame

Jimmy Garoppolo está feliz da vida com a escolha dos Niners. Mike McGlinchey é o segundo jogador de linha ofensiva escolhido no Draft NFL 2018 e o segundo de Notre Dame. E ele pode perfeitamente chegar na NFL e já jogar na linha dos Niners, especialmente se colocado como right tackle.

McGlinchey jogou também como left tackle na universidade, mas como é uma posição sensível, é possível que ele não comece nessa posição para os Niners, com Joe Staley ainda no elenco. Como RT, ele pode ser um bom bloqueador em jogadas de passe mas muito bom, logo de cara, no jogo corrido.

10ª escolha – Arizona Cardinals, do Oakland Raiders – Josh Rosen – QB – UCLA

Dono de uma grande mecânica de passe e atributos de um verdadeiro pocket passer, Josh Rosen tem um braço forte e pode ser um grande quarterback profissional. Contudo, há questionamentos sobre sua conduta fora de campo e também em relação a ser um grande companheiro de equipe e líder no vestiário. Isso tudo pode complicar na transição.

Apesar dessas preocupações, Rosen é dono de uma inteligência apurada em termos de futebol americano e isso pode facilitar sua adaptação às demandas do jogo na NFL. O QB de UCLA tem a habilidade de lançar bolas em uma espiral ‘apertada’ e isso o ajuda a colocar seus passes em qualquer lugar desejado, superando os marcadores. E nos Cardinals, ele concorre logo de cara com Sam Bradford pela posição de titular.

11ª escolha – Miami Dolphins – Minkah Fitzpatrick – DB – Alabama

Mais moderno que usar iPhone no Uber. Minkah Fitzpatrick vai ter que ganhar a atenção de todo coordenador ofensivo na NFL porque ele pode se posicionar de todo jeito: ele é um safety, mas pode jogar tanto na cobertura como mais próximo da linha de scrimmage para cobrir qualquer buraco que aparecer.

Conseguir aliar a velocidade com a força física ainda permite que ele siga wide receivers jogando no slot ou ainda perseguir tight ends. Todo coordenador defensivo ama ter um cara desses em seu elenco. O do Miami Dolphins vai ter essa sorte.

12ª escolha – Tampa Bay Buccaneers, do Buffalo Bills – Vita Vea – DT – Washington

Força física no meio da linha. Comparado com Haloti Ngata, que teve seu auge no Baltimore Ravens, Vea vem de Washington pronto para dominar qualquer espaço no meio da bagunça das linhas. Com mais de 154 kg, Vita Vea vai se certificar que o corredor adversário não consiga explorar o meio da linha, comendo bloqueios.

Antes do Draft havia a dúvida se valia a pena escolher um jogador que é um nose tackle, dependendo do esquema, mas Vea ainda pode colaborar fechando pockets e até fazendo sacks: foram 3,5 na última temporada do college. Com Gerald McCoy do lado, já tenho pena das linhas ofensivas rivais.

13ª escolha – Washington Redskins – Da’Ron Payne – DT – Alabama

Payne e Vita Vea eram sempre colocados no mesmo patamar e os Bucs e Redskins concordaram com isso. Da’Ron Payne chega em Washington para ajudar a parar o jogo corrido rival e ainda pode destruir os pockets adversários, mesmo precisando trabalhar nessa “arte”

Com Saquon Barkley chegando na divisão e Ezekiel Elliott, ter alguém para ser um terror para os running backs é algo pertinente.

14ª escolha – New Orleans Saints, do Green Bay Packers – Marcus Davenport – DE – UT San Antonio

Mais uma surpresa. Os Saints subiram bastante no Draft e se pensava que eles iriam atrás de Lamar Jackson. Mas o time preferiu melhorar a defesa e ter mais um pass rusher em Marcus Davenport, considerado por muitos o segundo perseguindo o QB neste Draft, atrás de Bradley Chubb.

Ele pode ser colocado em várias posições na linha e também como outside linebacker. Forte no primeiro passo e com um tiro de 40 jardas de 4,58 segundos, ele também é muito bom impedindo o jogo corrido, já que tem longos braços para fugir do jogador de linha.

15ª escolha – Oakland Raiders, do Arizona Cardinals – Kolton Miller – OT – UCLA

Os Raiders tinham que pensar em um jogador de linha ofensiva para substituir o veterano Donald Penn. E eles escolheram Miller, com 2,06 m e velocidade nos pés, para proteger Derek Carr no começo da era Jon Gruden em Oakland.

Aqui o desenvolvimento será vital para saber se ele poderá ser um grande tackle do futuro. Ajuda que Gruden é conhecido por ser um mentor e outros excelentes jogadores de linha como Kelechi Osemele para jogar do lado.

16ª escolha – Buffalo Bills, do Baltimore Ravens Tremaine Edmunds – LB – Virginia Tech

Tremaine pode ser um dos maiores linebackers de toda história da NFL. Maior na altura e no peso, claro; 1,95 m e quase 115 kg. Seu tamanho impressiona e ele pode aumentar após entrar na liga. É explosivo, rápido e firme nos tackles. Atua em qualquer posição no setor. E ele ainda nem completou 20 anos.

Não me entendam mal, mas ele não tem muito QI de futebol americano. Ele realiza boas jogadas mais pela sua forma física do que lendo e reagindo às jogadas. Não costuma guardar posição, não tem paciência e vai melhor contra o jogo corrido do que o de passe. Apesar de todo seu tamanho, parece flutuar em campo, mas pode ser facilmente batido com dribles e fintas sem a bola. Mas com um alvo definido, Tremaine é duro de roer.

17ª escolha – Los Angeles Chargers – Derwin James – DB – Florida State

James e Minkah Fitzpatrick disputavam  para ver quem seria o primeiro safety escolhido no Draft da NFL. O segundo ganhou. Mais tradicional que o jogador de Alabama, James pode ser mais físico também (mais alto e pesado), porém ele também tem a velocidade e a versatilidade como marcas.

Isso significa que ele pode ficar próximo da linha para combater a corrida, não ser batido facilmente em play actions, mas pode sofrer no começo caso seja usado como um deep safety. Se ele ganhar mais peso, pode ser usado até como linebacker. Os Chargers ganham assim alguém para aproveitar a pressão que Joey Bosa produz.

18ª escolha – Green Bay Packers, do Seattle Seahawks – Jaire Alexander – DB – Louisville

Com 4,38 segundos no combine, duas interceptações contra Deshaun Watson é sem dúvidas um cornerback acima da média.  Mas algumas lesões em 2017 tiraram ele das primeiras posições, o que o Green Bay Packers agredece aos céus.

Ele além de um cornerback que consegue turnovers, ainda retorna punts e é extremamente dinâmico. Não compare com Deion Sanders porque é sacanagem, mas ele pode fazer jogadas para uma defesa que precisa disso desesperadamente.

19ª escolha – Dallas Cowboys – Leighton Vander Esch – LB – Boise State

Jogador de Boise State, acostumado a jogar no gramado azul da universidade, Vander Esch vai jogar onde o futebol americano mais importa, no Texas. Físico, grande, rápido e atlético acima de tudo – também jogou basquete – ele vai ter Sean Lee para aprender e tentar impactar na defesa dos Cowboys logo de cara, mesmo que ele não jogue a maioria dos snaps.

20ª escolha – Detroit Lions – Frank Ragnow – C – Arkansas

Ragnow subiu no conceito nas últimas semanas, com um excelente combine. Os Lions quiseram uma âncora para a linha ofensiva do ataque liderado por Matthew Stafford. Forte, excelente nos bloqueios, ele foi bem posicionado também por causa de seu QI de futebol americano e a ética de trabalho. Ou seja, uma escolha segura de Detroit neste começo da era Matt Patricia.

21ª escolha – Cincinnati Bengals, dos Bills – Billy Price – C – Ohio State

Dois center seguidos escolhidos no Draft não é comum, mas aconteceu no Draft NFL 2018. Os Bengals escolheram Billy Price, que ficará no Ohio para agora ajudar a linha ofensiva da equipe, que perdeu figuras importantes nos últimos anos, como Andrew Whitworth. Forte no jogo corrido, ele também já jogou como guard de ambos os lados.

22ª escolha – Tennessee Titans – Rashaan Evans – LB – Alabama

Mais um jogador de Alabama sai na primeira rodada. E o linebacker Rashaan Evans vai ter um grande professor em Mike Vrabel, o novo treinador dos Titans. Ele é muito instintivo, começando sua carreira em Alabama como defensive end antes de ser recuado para linebacker mas mesmo assim perseguindo o QB como um ponto forte.

23ª escolha – New England Patriots, dos Rams – Isaiah Wynn – G – Georgia

Grande, físico, consegue abrir espaços basicamente atropelando pessoas à sua frente. Wynn chega nos Patriots podendo jogar como left guard mas talvez seja treinado para assumir o lugar deixado por Nate Solder na posição de left tackle.

Caso seja mesmo guard, ele pode jogar imediatamente e causar impacto em uma linha que tem Dante Scarnecchia como mentor.

24ª escolha – Carolina Panthers – D.J. Moore – WR – Maryland

O Carolina Panthers não está poupando escolhas para dar armas a Cam Newton e Moore foi o primeiro recebedor escolhido neste Draft. Desde 2010 que um WR não era escolhido entre as primeiras 20 posições e Calvin Ridley, projetado como o melhor da posição, segue disponível.

Moore pode ser posicionado em várias posições, desde o slot até outside e mesmo com vários quarterbacks no college, ele continuou produzindo em Maryland. Melhor de tudo, ele é muito forte e vai conseguir a separação para Cam Newton achar ele.

25ª escolha – Baltimore Ravens – Hayden Hurst – TE – South Carolina

Os Ravens precisavam de armas no ataque, mas não veio um wide receiver e sim um tight end. Hurst, ex-jogador de beisebol e com 24 anos, será um alvo gigante para Joe Flacco. Com excelentes mãos, ele se orgulha em bloquear, mesmo que ainda não tenha dominado essa importante função. A certeza é que ele vai poder se posicionar em vários lugares e estar em campo para os três downs.

26ª escolha – Atlanta Falcons – Calvin Ridley – WR – Alabama

Ridley vai poder conversar com Julio Jones sobre os tempos em Alabama. E ele chega em uma situação incrível para ser mais uma arma para Matt Ryan. Ele tem o pacote completo para um recebedor. Respeito à rota, passadas largas e leves, cortes secos, mãos firmes e rápidas, ímpeto na procura pela bola, rapidez e noção de espaço.

27ª escolha – Seattle Seahawks, via Packers, do New Orleans Saints – Rashaad Penny – RB – San Diego State

Quase 3 mil jardas de scrimmage na última temporada por San Diego State fizeram os Seahawks escolher Rashaad Penny na primeira rodada, uma das maiores surpresas desta quinta com certeza. Seattle pode falar que apesar da falta de nome da universidade, um running back incrível saiu de lá: Marshall Faulk.

Penny pode ajudar no jogo corrido e nos passes, fugindo do molde Marshawn Lynch. Mas sem dúvidas escolhendo lá em cima os Seahawks esperam dar mais força ao jogo corrido, ajudando Russell Wilson como em seus primeiros anos na liga.

28ª escolha – Pittsburgh Steelers – Terrell Edmunds – S – Virginia Tech

Os irmãos Edmunds tiveram seu segundo representante na 1ª rodada. Os Steelers precisavam de ajuda na defesa e Edmunds chega na equipe para contribuir com seus longos braços, grandes mãos e a possibilidade de antecipar passes e chegar com velocidade nos running backs adversários. Contra o jogo aéreo ele pode afastar quarterbacks de tentar a big play.

29ª escolha – Jacksonville Jaguars – Taven Bryan – DT – Jacksonville Jaguars

Os Jaguars já tinham uma linha defensiva monstruosa. E com Bryan na linha só vai ficar pior. Ele é muito forte, conseguindo passar por cima de jogadores de linha ofensiva para perseguir o QB, fechar o pocket ou então correr atrás do running back. Ele é explosivo, mas precisa ter mais produção constante. Com Calais Campbell do lado e cia limitada, ele pode aprender isso tranquilamente.

30ª escolha – Minnesota Vikings – Mike Hughes – DB – UCF

Hughes teve uma carreira conturbada trocando de universidades. E isso claramente derrubou ele no Draft, porque ele pode ser o melhor cornerback de sua classe ou o segundo melhor. Dinâmico, ele tem o físico para ganhar bolas divididas mesmo sendo menor do que alguns colegas seus. Ele ainda foi um retornador em Central Florida.

31ª escolha – New England Patriots – Sony Michel – RB – Georgia

Sem Dion Lewis, Michel pode ser um excelente substituto. Em Georgia ele não só foi um excelente corredor, como ainda um bom recebedor de passes, dividindo snaps com Nick Chubb no college. Em New England ele terá um papel similar em todos os sentidos, com seus cortes secos criando mais jardas após receber passes de Tom Brady.

32ª escolha – Baltimore Ravens, do Philadelphia Eagles – Lamar Jackson – QB – Louisville

E o quinto quarterback saiu na última posição da 1ª escolha e Joe Flacco tem um concorrente. Lamar Jackson, vencedor do Heisman Trophy, é um corredor espetacular, só que desconsiderar seu braço e sua precisão é um erro gigantesco. Ele poderá aprender todas as minúcias da NFL sendo reserva de Flacco – e também Robert Griffin, outro vencedor do Heisman – e se tornar um QB completo em pouco tempo.

2ª rodada do Draft NFL 2018

33ª escolha – Cleveland Browns – Austin Corbett – G – Nevada
34ª escolha – New York Giants – Will Hernandez – G – UTEP
35ª escolha – Cleveland Browns, dos Texans – Nick Chubb – RB – Georgia
36ª escolha – Indianapolis Colts – Darius Leonard – OLB – South Carolina St.
37ª escolha – Indianapolis Colts, dos Jets – Braden Smith – G – Auburn
38ª escolha – Tampa Bay Buccaneers – Ronald Jones – RB – USC
39ª escolha – Chicago Bears – James Daniels – C – Iowa
40ª escolha – Denver Broncos – Courtland Sutton – WR – SMU
41ª escolha – Tennessee Titans, dos Raiders – Harold Landry – OLB – Boston College
42ª escolha – Miami Dolphins – Mike Gesicki – TE – Penn State
43ª escolha – Detroit Lions, dos Patriots – Kerryon Johnson – RB – Auburn
44ª escolha – San Francisco 49ers, dos Redskins – Dante Pettis – WR – Washington
45ª escolha – Green Bay Packers – Josh Jackson – CB – Iowa
46ª escolha – Kansas City Chiefs, dos Bengals – Breeland Speaks – DT – Mississippi
47ª escolha – Arizona Cardinals – Christian Kirk – WR – Texas A&M
48ª escolha – Los Angeles Chargers – Uchenna Nwosu – OLB – USC
49ª escolha – Philadelphia Eagles, dos Colts – Dallas Goedert – TE – South Dakota St.
50ª escolha – Dallas Cowboys – Connor Williams – G – Texas
51ª escolha – Chicago Bears, dos Patriots – Anthony Miller – WR – Memphis
52ª escolha – Indianapolis Colts, dos Eagles – Kemoko Turay – DE – Rutgers
53ª escolha – Tampa Bay Buccaneers, do Buffalo Bills – M.J. Stewart – CB – North Carolina
54ª escolha – Cincinnati Bengals, dos Chiefs – Jessie Bates – S – Wake Forest
55ª escolha – Carolina Panthers – Donte Jackson – CB – LSU
56ª escolha – New England Patriots, dos Buccaneers – Duke Dawson – CB – Florida
57ª escolha – Oakland Raiders, dos Titans – P.J. Hall – NT – Sam Houston St.
58ª escolha – Atlanta Falcons – Isaiah Oliver – CB – Colorado
59ª escolha – Washington Redskins, dos 49ers – Derrius Guice – RB – LSU
60ª escolha – Pittsburgh Steelers – James Washington – WR – Oklahoma State
61ª escolha – Jacksonville Jaguars – D.J. Chark – WR – LSU
62ª escolha – Minnesota Vikings – Brian O’Neill – OT – Pittsburgh
63ª escolha – Tampa Bay Buccaneers, dos Patriots – Carlton Davis – CB – Auburn
64ª escolha – Indianapolis Colts, dos Browns – Tyquan Lewis – DE – Ohio State

3ª rodada do Draft NFL 2018

65ª escolha – Oakland Raiders, dos Ravens – Brandon Parker – OT – North Carolina A&T
66ª escolha – New York Giants – Lorenzo Carter – OLB – Georgia
67ª escolha – Cleveland Browns, dos Colts – Chad Thomas – DE – Miami
68ª escolha – Houston Texans – Justin Reid – S – Stanford
69ª escolha – New York Giants – B.J. Hill – DT – N.C. State
70ª escolha – San Francisco 49ers – Fred Warner – OLB – BYU
71ª escolha – Denver Broncos – Royce Freeman – RB – Oregon
72ª escolha – New York Jets – Nathan Shepherd – DT – Fort Hays State
73ª escolha – Miami Dolphins – Jerome Baker – OLB – Ohio State
74ª escolha – Washington Redskins, dos 49ers – Geron Christian – OT – Louisville
75ª escolha – Kansas City Chiefs, dos Ravens – Derrick Nnadi – DT – Florida State
76ª escolha – Pittsburgh Steelers, dos Seahawks – Mason Rudolph – QB – Oklahoma State
77ª escolha – Cincinnati Bengals – Sam Hubbard – DE – Ohio State
78ª escolha – Cincinnati Bengals, dos Chiefs – Malik Jefferson – OLB – Texas
79ª escolha – Seattle Seahawks, dos Steelers – Rasheem Green – DE – USC
80ª escolha – Houston Texans – Martinas Rankin – C – Mississippi State
81ª escolha – Dallas Cowboys – Michael Gallup – WR – Colorado State
82ª escolha – Detroit Lions – Tracy Walker – S – Louisiana
83ª escolha – Baltimore Ravens – Orlando Brown – OT – Oklahoma
84ª escolha – Los Angeles Chargers – Justin Jones – DT – N.C. State
85ª escolha – Carolina Panthers – Rashaan Gaulden – CB – Tennessee
86ª escolha – Baltimore Ravens, dos Chiefs – Mark Andrews – TE – Oklahoma
87ª escolha – Oakland Raiders, dos Rams – Arden Key – DE – LSU
88ª escolha – Green Bay Packers, dos Panthers – Oren Burks – OLB – Vanderbilt
89ª escolha – Los Angeles Rams, dos Raiders – Joe Noteboom – OT – TCU
90ª escolha – Atlanta Falcons – Deadrin Senat – DT – South Florida
91ª escolha – New Orleans Saints – Tre’Quan Smith – WR – UCF
92ª escolha – Pittsburgh Steelers – Chukwuma Okorafor – OT – Western Michigan
93ª escolha – Jacksonville Jaguars – Ronnie Harrison – S – Alabama
94ª escolha – Tampa Bay Buccaneers, dos Vikings – Alex Cappa – OT – Humboldt State
95ª escolha – San Francisco 49ers – Tarvarius Moore – S – Southern Mississippi
96ª escolha – Buffalo Bills – Harrison Phillips – DT – Stanford
97ª escolha – Arizona Cardinals (escolha compensatória) – Mason Cole – C – Michigan
98ª escolha – Houston Texans (escolha compensatória) – Jordan Akins – TE – UCF
99ª escolha – Denver Broncos (escolha compensatória) – Isaac Yiadom – CB – Boston College
100ª escolha – Kansas City Chiefs, dos Bengals (escolha compensatória) – Dorian O’Daniel – OLB – Clemson

4ª rodada do Draft NFL 2018

101ª escolha – Carolina Panthers, dos Packers, via Browns – Ian Thomas – TE – Indiana
102ª escolha – Minnesota Vikings – Jalyn Holmes – DE – Ohio State
103ª escolha – Houston Texans – Keke Coutee – WR – Texas Tech
104ª escolha – Indianapolis Colts – Nyheim Hines – RB – NC State
105ª escolha – Cleveland Browns – Antonio Callaway – WR – Florida
106ª escolha – Denver Broncos – Josey Jewell – ILB – Iowa
107ª escolha – New York Jets – Chris Hendon – TE – Miami
108ª escolha – New York Giants – Kyle Lauletta – QB – Richmond
109ª escolha – Washington Redskins – Troy Apke – S – Penn State
110ª escolha – Oakland Raiders – Nick Nelson – CB – Wisconsin
111ª escolha – Los Angeles Rams – Brian Allen – Center – Michigan State
112ª escolha – Cincinnati Bengals – Mark Walton – RB – Miami
113ª escolha – Denver Broncos – DaeSean Hamilton – WR – Penn State
114ª escolha – Detroit Lions – Da’Shawn Hand – DE – Alabama
115ª escolha – Chicago Bears – Joel Iyiegbuniwe – OLB – Western Kentucky
116ª escolha – Dallas Cowboys – Dorance Armstrong Jr. – DE – Kansas
117ª escolha – Tampa Bay Buccaneers – Jordan Whitehead – S – Pittsburgh
118ª escolha – Baltimore Ravens – Anthony Averett – CB – Alabama
119ª escolha – Los Angeles Chargers – Kyzir White – S – West Virginia
120ª escolha – Seattle Seahawks – Will Dissly – TE – Washington
121ª escolha – Buffalo Bills – Taron Johnson – CB – Weber State
122ª escolha – Baltimore Ravens – Kenny Young – ILB – UCLA
123ª escolha – Miami Dolphins – Durham Smythe – TE – Notre Dame
124ª escolha – Kansas City Chiefs – Armani Watts – S – Texas A&M
125ª escolha – Philadelphia Eagles – Avonte Maddox – CB – Pittsburgh
126ª escolha – Atlanta Falcons – Ito Smith – RB – Southern Mississippi
127ª escolha – New Orleans Saints – Rick Leonard – OT – Florida State
128ª escolha – San Francisco 49ers – Kentavius Street – DE – NC State
129ª escolha – Jacksonville Jaguars – Will Richardson – OT – NC State
130ª escolha – Philadelphia Eagles – Josh Sweat – DE – Florida State
131ª escolha – Miami Dolphins – Kallen Ballage – RB – Arizona State
132ª escolha – Baltimore Ravens – Jaleel Scott – WR – New Mexico State
133ª escolha – Green Bay Packers – J’Mon Moore – WR – Missouri
134ª escolha – Arizona Cardinals – Chase Edmonds – RB – Fordham
135ª escolha – Los Angeles Rams – John Franklin-Meyers – DE – Stephen F. Austin
136ª escolha – Carolina Panthers – Marquis Haynes – OLB – Ole Miss
137ª escolha – Dallas Cowboys – Dalton Schultz – TE – Stanford

5ª rodada do Draft NFL 2018

138ª escolha – Green Bay Packers – Cole Madison – OT – Washington State
139ª escolha – New York Giants – RJ McIntosh – DT – Miami
140ª escolha – Oakland Raiders – Maurice Hurst – DT – Michigan
141ª escolha – Seattle Seahawks – Shaquem Griffin – OLB – UCF
142ª escolha – San Francisco 49ers – D.J. Reed – CB – Kansas State
143ª escolha – New England Patriots – Ja’Whaun Bentley – ILB – Purdue
144ª escolha – Tampa Bay Buccaneers – Justin Watson – WR – Pennsylvania
145ª escolha – Chicago Bears – Bilal Nichols – DT – Delaware
146ª escolha – Seattle Seahawks – Tre Flowers – S – Oklahoma State
147ª escolha – Los Angeles Rams – Micah Kiser – ILB – Virginia
148ª escolha – Pittsburgh Steelers – Marcus Allen – S – Penn State
149ª escolha – Seattle Seahawks – Michael Dickson – Punter – Texas
150ª escolha – Cleveland Browns – Genard Avery – ILB – Memphis
151ª escolha – Cincinnati Bengals – Davontae Harris – CB – Illinois State
152ª escolha – Tennessee Titans – Dane Cruikshank – CB – Arizona
153ª escolha – Detroit Lions – Tyrell Crosby – OT – Oregon
154ª escolha – Buffallo Bills – Siran Neal – CB – Jacksonville State
155ª escolha – Los Angeles Chargers – Scott Quessenberry – Center – UCLA
156ª escolha – Denver Broncos – Troy Fumagalli – TE – Wisconsin
157ª escolha – Minnesota Vikings – Tyler Conklin – TE – Central Michigan
158ª escolha – Cincinnati Bengals – Andrew Brown – DE – Virginia
159ª escolha – Indianapolis Colts – Daurice Fountain – WR – Northern Iowa
160ª escolha – Los Angeles Rams – Obo Okoronkwo – OLB – Oklahoma
161ª escolha – Carolina Panthers – Jermaine Carter – CB – Maryland
162ª escolha – Baltimore Ravens – Jordan Lasley – WR – UCLA
163ª escolha – Washington Redskins – Tim Settle – DT – Virginia Tech
164ª escolha – New Orleans Saints – Natrell Jamerson – Safety – Wisconsin
165ª escolha – Pittsburgh Steelers – Jaylen Samuels – FB – NC State
166ª escolha – Buffalo Bills – Wyatt Teller – OG – Virginia Tech
167ª escolha – Minnesota Vikings – Daniel Carlson – Kicker – Auburn
168ª escolha – Seattle Seahawks – Jamarco Jones – OT – Ohio State
169ª escolha – Indianapolis Colts – Jordan Wilkins – RB – Ole Miss
170ª escolha – Cincinnati Bengals – Darius Phillips – CB – Western Michigan
171ª escolha – Dallas Cowboys – Mike White – QB – Western Kentucky
172ª escolha – Green Bay Packers – JK Scott – Punter – Alabama
173ª escolha – Oakland Raiders – Johnny Townsend – Punter – – Florida
174ª escolha – Green Bay Packers – Marquez Valdes-Scantling – WR – South Florida

6ª rodada do Draft NFL 2018

175ª escolha – Cleveland Browns – Damion Ratley – WR – Texas A&M
176ª escolha – Los Angeles Rams – John Kelly – RB – Tennessee
177ª escolha – Houston Texans – Duke Ejiofor – DE – Wake Forest
178ª escolha – New England Patriots – Christian Sam – OLB – Arizona State
179ª escolha – New York Jets – Parry Nickerson – CB – Tulane
180ª escolha – New York Jets – Folorunso Fatukasi – DT – UConn
181ª escolha – Chicago Bears – Kylie Fitts – DE – Utah
182ª escolha – Arizona Cardinals – Chris Campbell – CB – Penn State
183ª escolha – Denver Broncos – Sam Jones – OG – Arizona State
184ª escolha – San Francisco 49ers – Marcell Harris – S – Florida
185ª escolha – Indianapolis Colts – Deon Cain – WR – Clemson
186ª escolha – Seattle Seahawks – Jake Martin – OLB – Temple
187ª escolha – Buffalo Bills – Ray-Ray McCloud – WR – Clemson
188ª escolha – Cleveland Browns – Simeon Thomas – CB – Louisiana
189ª escolha – New Orleans Saints – Kamrin Moore – CB – Boston College
190ª escolha – Baltimore Ravens – DeShon Elliott – S – Texas
191ª escolha – Los Angeles Chargers – Dylan Cantrell – WR – Texas Tech
192ª escolha – Los Angeles Rams – Jamil Demby – OT – Maine
193ª escolha – Dallas Cowboys – Chris Covington – OLB – Indiana
194ª escolha – Atlanta Falcons – Russell Gage – WR – LSU
195ª escolha – Los Angeles Rams – Sebastian Joseph – DT – Rutgers
196ª escolha – Kansas City Chiefs – Tremon Smith – CB – Central Arkansas
197ª escolha – Washington Redskins – Shaun Dion Hamilton – ILB – Alabama
198ª escolha – Kansas City Chiefs – Kahlil McKenzie – DT – Tennessee
199ª escolha – Tennessee Titans – Luke Falk – QB – Washington State
200ª escolha – Atlanta Falcons – Foyesade Oluokun – S – Yale
201ª escolha – New Orleans Saints – Boston Scott – RB – Louisiana Tech
202ª escolha – Tampa Bay Buccaneers – Jack Cichy – ILB – Wisconsin
203ª escolha – Jacksonville Jaguars – Tanner Lee – QB – Nebraska
204ª escolha – New York Jets – Trenton Cannon – RB – Virginia State
205ª escolha – Los Angeles Rams – Trevon Young – DE – Louisville
206ª escolha – Philadelphia Eagles – Matt Pryor – OT- TCU
207ª escolha – Green Bay Packers – Equanimeous St. Brown – WR – Notre Dame
208ª escolha – Dallas Cowboys – Cedrick Wilson – WR – Boise State
209ª escolha – Miami Dolphins – Cornell Armstrong – CB – Southern Mississippi
210ª escolha – New England Patriots – Braxton Berrios – WR – Miami
211ª escolha – Houston Texans – Jordan Thomas – TE – Mississippi State
212ª escolha – Baltimore Ravens – Greg Senat – OT – Wagner
213ª escolha – Minnesota Vikings – Colby Gossett – OG – Appalachian State
214ª escolha – Houston Texans – Peter Kalambayi – OLB – Stanford
215ª escolha – Baltimore Ravens – Bradley Bozeman – Center – Alabama
216ª escolha – Oakland Raiders – Azeem Victor – ILB – Washington
217ª escolha – Denver Broncos – Keishawn Bierria – OLB – Washington
218ª escolha – Minnesota Vikings – Ade Aruna – DE – Tulane

7ª rodada do Draft NFL 2018

219ª escolha – New England Patriots – Danny Etling – QB – LSU
220ª escolha – Seattle Seahawks – Alex McGough – QB – Florida Intl.
221ª escolha – Indianapolis Colts – Matthew Adams – ILB – Houston
222ª escolha – Houston Texans – Jermaine Kelly – CB – San Jose State
223ª escolha – San Francisco 49ers – Jullian Taylor – DT – Temple
224ª escolha – Chicago Bears – Javon Wims – WR – Georgia
225ª escolha – Minnesota Vikings – Devante Downs – ILB – California
226ª escolha – Denver Broncos – David Williams – RB – Arkansas
227ª escolha – Miami Dolphins – Quentin Poling – ILB – Ohio
228ª escolha – Oakland Raiders – Marcell Ateman – WR – Oklahoma State
229ª escolha – Miami Dolphins – Jason Sanders – Kicker – New Mexico
230ª escolha – Jacksonville Jaguars – Leon Jacobs – OLB – Wisconsin
231ª escolha – Los Angeles Rams – Travin Howard – OLB – TCU
232ª escolha – Green Bay Packers – James Looney – OLB – California
233ª escolha – Philadelphia Eagles – Jordan Mailata – OT – Australia
234ª escolha – Carolina Panthers – Andre Smith – ILB – North Carolina
235ª escolha – Indianapolis Colts – Zaire Franklin – ILB – Syracuse
236ª escolha – Dallas Cowboys – Bo Scarbrough – RB – Alabama
237ª escolha – Detroit Lions – Nick Bawden – FB – San Diego State
238ª escolha – Baltimore Ravens – Zach Sieler – DE – Ferris State
239ª escolha – Green Bay Packers – Hunter Bradley – Long Snapper – Mississippi State
240ª escolha – San Francisco 49ers – Richie James – WR – Middle Tennessee
241ª escolha – Washington Redskins – Greg Stroman – CB – Virginia Tech
242ª escolha – Carolina Panthers – Kendrick Norton – DT – Miami
243ª escolha – New England Patriots – Keion Crossen – CB – Western Carolina
244ª escolha – Los Angeles Rams – Justin Lawler – DE – SMU
245ª escolha – New Orleans Saints – Will Clapp – OG – LSU
246ª escolha – Pittsburgh Steelers – Joshua Frazier – DT – Alabama
247ª escolha – Jacksonville Jaguars – Logan Cooke – Punter – Mississippi State
248ª escolha – Green Bay Packers – Kendall Donnerson – OLB – Southeast Missouri State
249ª escolha – Cincinnati Bengals – Logan Woodside – QB – Toledo
250ª escolha – New England Patriots – Ryan Izzo – TE – Florida State
251ª escolha – Los Angeles Chargers – Justin Jackson – RB- Northwestern
252ª escolha – Cincinnati Bengals – Rod Taylor – OG – Ole Miss
253ª escolha – Cincinnati Bengals – Auden Tate – WR – Florida State
254ª escolha – Arizona Cardinals – Korey Cunningham – OT – Cincinnati
255ª escolha – Buffalo Bills – Austin Proehl – WR – North Carolina
256ª escolha – Washington Redskins – Trey Quinn – WR – SMU

To Top