NFL

Com field goal decisivo bloqueado, Denver Broncos derrota Los Angeles Chargers

Denver Broncos

(Crédito: Instagram/reprodução)

O jogo que fechou a semana 1 da temporada regular da National Football League também foi um dos mais emocionantes da rodada. Jogando em sua casa, no Sports Authority Field at Mile High, o Denver Broncos teve grande atuação defensiva e também criou boas jogadas no ataque, mas mesmo assim o time tomou um sustinho antes de confirmar a vitória por 24 a 21 sobre o Los Angeles Chargers.

Após entrar no último quarto com 17 pontos de vantagem sobre o rival, a franquia do Colorado viu o oponente crescer muito de produção, com a defesa forçando dois turnovers e o ataque aproveitando-os e marcando touchdowns. Assim, a definição do resultado foi até os segundos finais.

Então foi a vez de o técnico Vance Joseph e os special teams dos Broncos brilharem.

Perdendo por 24 a 21, os Chargers tiveram a bola nas mãos para uma campanha final que poderia selar o empate e a vitória. E Philip Rivers comandou o ataque até a linha de 26 do território adversário, dando uma boa chance para seu kicker decidir.

O kicker calouro Younghoe Koo teve seu primeiro chute como profissional para dar a vitória para os Chargers. E ele chegou a acertar inicialmente, mas o técnico Vance Joseph, dos Broncos, pediu tempo pouco antes do chute, usando a velha tática para tentar congelar o chutador adversário.

Deu certo.

Na segunda tentativa de 44 jardas de distância, Hoo teve seu chute bloqueado por Shelby Harris, que esticou o braço para impedir que a bola viajasse, e o lance decretou a emocionante vitória dos donos da casa.

O confronto entre Demaryius Thomas e a secundária dos Chargers foi uma coisa à parte para ser notada durante a partida. O wide receiver do Denver Broncos acumulou recepções, sobretudo em cima do cornerback Casey Heyward, e fechou o jogo com cinco passes agarrados para 67 jardas.

A primeira metade de jogo foi equilibrada. No quarto inicial, apenas os Broncos mexeram no placar, anotando um touchdown em passe de cinco jardas de Trevor Siemian para Bennie Fowler III. No segundo quarto, os Chargers responderam com TD em passe de 11 jardas de Philip Rivers para Melvin Gordon, mas os Broncos retomaram a liderança antes de irem os vestiários com um TD corrido de uma jarda anotado por Siemian.

Denver então disparou no segundo quarto. Nos primeiros minutos, em outra conexão de Siemian com Fowler III (que fechou com três recepções para 21 jardas), os mandantes chegaram ao TD para abrir 21 a 7. O kicker Brandon McManus acertou um field goal de 20 jardas nos segundos finais da etapa para deixar a vantagem em 24 a 7.

O melhor, contudo, estava reservado para a etapa final de partida.

Com pouco mais de 12 minutos para o término, os Chargers arriscaram uma quarta descida para uma, mas Melvin Gordon foi detido pela agressiva defesa dos donos da casa e o turnover on downs foi consumado. Os Chargers se lamentaram por pouco tempo, já que Adrian Phillips interceptou passe de Siemian e reanimou os representantes de L.A.

Em menos de 2min30s, os Chargers chegaram ao TD, em passe de cinco jardas de Rivers para Keenan Allen, no fundo da end zone, reduzindo a diferença para 10 pontos (24 a 14).

Logo na sequência, os Chargers forçaram outro turnover, um fumble cometido por Jamaal Charles, e recuperaram a bola na linha de 38 do campo de ataque. Bastou uma jogada no drive seguinte para Rivers achar o veloz Travis Benjamin na esquerda e anotar outro TD, deixando o placar em 24 a 21.

Os Broncos responderam rapidamente no ataque em seguida, em drive que começou com belo passe de Siemian para Virgil Green, e até chegaram a entrar em zona de field goal, mas Brandon McManus desta vez não fez valer a sua extensão de contrato e errou field goal de 50 jardas. Tudo seguiu em aberto.

Uma campanha encerrada em punt para cada lado e a bola ficou com os Chargers, mas o field goal bloqueado evitou o empate e a prorrogação.

O quarterback Trevor Siemian fechou com 17 passes certos de 28 para 219 jardas, dois touchdowns e uma interceptação, enquanto que o melhor dos Broncos no jogo terrestre foi C.J. Anderson, com 20 corridas para 81 jardas.

Apesar de não ter forçado muitos sacks (fez apenas um), a defesa dos Broncos se portou bem e segurou os Chargers, cedendo apenas 249 jardas totais.

Do lado do time californiano, o quarterback Philip Rivers cresceu de produção na reta final e acertou 22 passes de 33 para 192 jardas e três touchdowns, com uma interceptação. Melvin Gordon foi o destaque do jogo terrestre, com 54 jardas em 18 carregadas, e Tyrell Williams foi quem mais recebeu, com cinco bolas agarradas para 54 jardas.

Na semana 2, o Denver Broncos recebe o Dallas Cowboys, enquanto que o Los Angeles Chargers também joga em casa contra o Miami Dolphins. Ambos os jogos serão neste domingo (17).

Comments
To Top