NBA

Boston Celtics aposenta #34 de Paul Pierce com ex-companheiros e Doc presentes

Boston Celtics Paul Pierce

Crédito: Instagram/reprodução

Paul Pierce é uma das pessoas mais queridas em Boston e isso foi provado mais uma vez neste domingo. Os Celtics homenagearam seu eterno camisa 34 aposentando seu número em uma bela cerimônia. E presentes estavam seus ex-companheiros do time campeão em 2008: Rajon Rondo, Kevin Garnett, Brian Scalabrine e, claro, Doc Rivers.

“Quando você é eterno nos Celtics, você é eterno”, disse Pierce, que teve o 34 aposentado em um banner que conta com alguns números um pouco importantes na história celta e da NBA: Dennis Johnson (3), Larry Bird (33), Kevin McHale (32), Reggie Lewis (35), Robert Parish (00) e Cedric Maxwell (31).

“Se eu nunca entrar no Hall da Fama, ou algo do tipo, estar no teto com um número aposentado nos Celtics é o suficiente. É o suficiente para mim. O resto é a cereja do bolo”, declarou o ex-jogador, que com certeza terá essa cereja ao entrar no Hall da Fama quando seus cinco anos de inelegibilidade acabarem.

Além do número, os Celtics deram vários presentes, como um pedaço da quadra do TD Garden e uma réplica do banner que subiu no teto. O túnel de entrada na quadra foi renomeado como o Paul Pierce Tunnel. E o vídeo de homenagem, com a narração do lendário Tommy Heinsohn, jogador da franquia nos anos de Bill Russell e até hoje comentarista dos jogos da equipe, foi também muito especial.

 

Além de seus antigos colegas e lendas celtas, jogadores como Kobe Bryant, LeBron James e outra lenda, mas do arquirrival Lakers, Magic Johnson, também prestaram suas homenagens. E isso não passou batido por Pierce.

“Não esperava isso, especialmente vindo de rivais. O que me ajuda a perceber o impacto que eu tive e o respeito que ganhei no decorrer da minha carreira. Quando você ouve LeBron falas, Kobe falar. Eu não era um jogador de espetáculo e não tinha o tênis mais vendido, mas eu era um jogador muito respeitado e as pessoas sabiam que quando entravam na quadra tinham que estar prontas. Para eles me homenagearem significa muito porque Magic Johnson é meu ídolo e Kobe meu rival. Significa demais”, afirmou The Truth.

Comments
To Top